Art déco em design de interiores


Um estilo que chama atenção e que sempre volta a ser visto, ainda que de maneira sutil, em ambientes sofisticados. Estamos falando do Art Déco, de origem francesa, que se popularizou nas décadas de 1920 e 1930 em diversas manifestações artísticas – desde o design de interiores, passando por peças gráficas e influenciando também a concepção de cenários dos estúdios de cinema.

O Art Déco possui vínculo com o Art Nouveau, mas adota outros caminhos estéticos: em vez de formas orgânicas, por exemplo, preponderam as geométricas e abstratas – em painéis, tapeçarias e quadros, com a presença marcante de linhas e listras.

Outro elemento que dá a cara do Art Déco são os lustres, valorizando formas geométricas e estruturas metálicas. Vitrais e revestimentos de parede podem seguir a mesma ênfase de desenhos mais limpos e simétricos.

E claro: não podíamos deixar de falar dos papéis de parede, que de cara remetem aos anos 20 e 30. Mais uma vez, ao contrário das estampas com motivos orgânicos do Art Nouveau, temos no Art Déco a hegemonia das formas geométricas.

Assim como os papéis de parede, outra marca registrada do Art Déco são os espelhos, que muitas vezes ganham status de objeto de arte.

Como dissemos no início, o estilo Art Déco pode compor os ambientes de modo sutil, com elementos que formam combinações mais ecléticas. O resultado confere ares cinematográficos aos interiores, que ressaltam a escolha criteriosa de cada acabamento, móvel e objeto.

Fonte

Postagens Populares
Postagens Recentes
Arquivo
  • Instagram Limpa
Etiquetas